Santos e ícones Católicos

Você está em: Santos e Ícones . História de Santos . São Teodoro - Mártir

Origens

A Tradição católica afirma que São Teodoro nasceu na cidade de Eucaita, na região chamada Ponto, ao Norte da Ásia Menor. Hoje, o local se chama vila de Beyozu, na província de Corum, na Turquia. Teodoro foi soldado do exército romano e ficou bastante conhecido nas legiões romanas por sua bravura. Entre os cristãos, ficou conhecido por sua grande caridade para com os pobres e entre o povo, ficou conhecido por sua beleza.

Comandante

Por causa de sua bravura, coragem, lealdade e forte liderança no ambiente do exército, Teodoro recebeu um título de comandante militar. A palavra exata que designa seu posto no exército era stratelates, que significa general, um posto de alto comando. Isso aconteceu quando ele estava em Heracleia Pôntica, sob o comando do imperador Licínio, entre os anos 307 e 324 d.C.

Perseguição

No reinado do imperador Licínio, Teodoro já era cristão. Não se sabe se foi um convertido ou se nasceu numa família cristã. O fato é que o general do exército romano era cristão. E, nesse tempo, iniciou-se uma terrível perseguição contra os cristãos. Estes eram vistos como subversivos e ameaça contra o império, pois recusavam-se a adorar os deuses oficiais romanos e não reconheciam o imperador como um deus. E o general Teodoro resolveu enfrentar a fúria romana.

Enfrentando o inimigo

Conta-se que São Teodoro convidou pessoalmente o imperador para que este fosse à cidade de Heracleia. A visita de um imperador era ocasião de festas religiosas e sacrifícios aos deuses. São Teodoro, porém, querendo mostrar a Licínio que os deuses não passavam de estátuas sem vida, mandou que todas as estátuas de deuses pagãos de ouro ou prata fossem levadas para a sua casa. Lá, diante do imperador, ele destruiu uma por uma e distribuiu os cacos aos pobres, afirmando que assim, teriam mais utilidade para o povo.

Martírio

O imperador ficou furioso com a atitude de São Teodoro e mandou que ele fosse preso. Na prisão, sofreu torturas cruéis e, depois, foi crucificado. Passou uma noite na cruz. Na manhã seguinte, os soldados o encontraram vivo, fora da cruz e sem ferimentos. Alguns se converteram por isso. São Teodoro, porém, fez questão de ir até o imperador na esperança de que este, sabendo de tão grande milagre, desistisse da perseguição contra os cristãos. Mas o imperador, ao contrário, mandou que ele fosse decapitado. Sabe-se que sua morte aconteceu num dia 8 de fevereiro do ano 319 d.C. Por volta do meio dia. Desde então, São Teodoro passou a ser invocado como Padroeiro dos militares.

Oração a São Teodoro

“Ó Deus, que nos escutais e defendeis com a gloriosa confissão do bem-aventurado mártir teodoro, fazei que aproveitemos com o seu exemplo e sejamos protegidos pela sua intercessão. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Amém. São Teodoro, rogai por nós.”

Veja alguns produtos de Outros Santos