Santos e ícones Católicos

Você está em: Santos e Ícones . História de Santos . São Bernardino de Sena

Origens

Bernardino nasceu de uma família nobre de Sena, de sobrenome Albizzeschi, no dia 8 de setembro do ano 380, na pequenina aldeia de Massa Marítima, em Carrara. Quando tinha apenas três anos, ficou órfão de mãe. Depois, tendo ainda sete anos, seu pai faleceu. Por isso, ele foi criado duas tias na cidade de Sena. Suas tias eram mulheres de fé e alimentaram no coração de Bernardino a devoção à Virgem Maria e a Jesus Cristo.

Franciscano 

Bernardino estudou na Universidade de Sena, terminado seus estudo com vinte e dois anos. Nessa idade, decidiu abandonar tudo e ingressar na Ordem dos Franciscanos, abraçando as regras de São Francisco com fidelidade e alegria. Na época, apoiou com vigor um movimento chamado “Observância”. Tal movimento vinha se firmando entre os frades da Ordem e buscava um rigor maior na vivência da pobreza. Por seu entusiasmo, os franciscanos o elegeram Vigário Geral de todos os conventos que seguiam a Observância.

Missionário itinerante atual 

Com trinta e cinco anos, Frei Bernardino iniciou sua missão de pregador e seguiu nesse caminho até sua morte. E tornou-se um grande pregador. Viajou pela Itália inteira pregando o Evangelho e convertendo a muitos.

Sermões registrados por taquigrafia

Os discursos e sermões de São Bernardino de Sena foram taquigrafados por um de seus discípulos. O método foi inventado pelo próprio santo. Por isso, seu legado chegou até nós integralmente. Seus discursos com estilo rápido, leve, acessível e contundente, é bastante atual até os dias de hoje. Seus temas preferidos eram a caridade, a concórdia, a humildade, e a justiça. Tinha palavras muito duras para aqueles que, como ele mesmo dizia, "renegam a Deus por uma cabeça de alho". Também denunciava o abuso dos poderosos chamando-os de "feras de garras compridas que roem os ossos dos pobres". 

Mensageiro da paz

Na época de São Bernardino de Sena, a Europa passava por enormes calamidades: a peste e as divisões causadas por das facções políticas e também religiosas, causavam morte de muita gente e destruição. Porém, por onde São Bernardino passava, ele fazia com que a paz fosse restituída. Sua pregação era insuperável, empolgante e cheia de ardor. Muitos se convertiam ao ouvi-lo pregar. Além disso, levava sempre consigo um quadro de madeira com as iniciais JHS, que significam Jesus Salvador dos Homens. Depois de seus sermões, ele o apresentava para que fosse beijado por todos os fiéis.

Morte

Sua vida de missionário itinerante, inúmeras pregações, jejuns e sacrifícios constantes, aliados a uma alimentação fraca e pouco repouso, aos poucos enfraqueciam seu corpo, já velho. Porém, ele quis parar. Pregou o Evangelho enquanto conseguiu. Faleceu aos sessenta e quatro anos, em 20 de maio de 1444. A impressão que São Bernardino de Sena deixou na Igreja foi tamanha, que depois de apenas seis anos de sua morte, ele foi canonizado. Mais tarde, foi declarado padroeiro dos publicitários da Itália e também do mundo inteiro.

Oração a São Bernardino de Sena

“Ó Deus, que destes ao presbítero São Bernardino de Sena ardente amor pelo Nome de Jesus, ascendei sempre em nossos corações a chama da Vossa caridade. Por nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém. São Bernardino de Sena, rogai por nós.”

Veja alguns produtos de Outros Santos