Santos e ícones Católicos

Você está em: Santos e Ícones . Significado e Simbolismo . São Pancrácio

São Pancrácio é um dos santos mais venerados em toda a Europa. Ele é o padroeiro do trabalho porque sempre defendeu os trabalhadores e a necessidade que todos tem de um trabalho digno, que dê condições de sustentar uma família. Ele também é padroeiro da saúde porque, sendo muito influente, ajudou a muitos doentes. Era romano e decidiu ser batizado quando tinha 14 anos. De origem nobre, Pancrácio era senador na corte de Roma, muito respeitado por todos por causa de sua conduta honesta e honrada. Sua imagem conta sua história. Vamos conhecê-la.

O traje de São Pancrácio

O traje de São Pancrácio é o traje de um nobre romano. Como vimos, ele era senador em Roma e gozava de um grande prestígio entre os romanos por causa de sua conduta honesta e justa.

A túnica branca de São Pancrácio

A túnica branca de São pancrácio simboliza sua pureza de coração. Apesar de pertencer ao Senado Romano, sendo um político influente, Pancrácio conseguiu permanecer fiel à sua fé, à pureza de coração e à honestidade. Ele buscava na oração e no contato diário com o Senhor Jesus a força para viver dignamente a política e procurar não o seu próprio bem, mas o verdadeiro bem do povo.

O manto vermelho de São Pancrácio

O manto vermelho de São Pancrácio simboliza seu martírio. Quando o imperador Diocleciano deflagrou uma das mais terríveis perseguições contra os cristãos, São Pancrácio manteve sua fé oculta, mas salvou muitos cristãos da morte por causa de sua influência no governo. Certo dia, porém, sua mãe e sua irmã escreveram-lhe uma carta encorajando-o a revelar sua fé em Jesus Cristo, pois isso faria bem a muitas pessoas. Por isso, ele foi a Diocleciano e revelou-se cristão. O imperador, furioso, mandou tortura-lo a fim de que ele renegasse sua fé. São Pancrácio suportou as mais horrendas torturas sem renegar sua fé. Por causa de seu testemunho, muitos cidadãos romanos converteram-se ao cristianismo. São Pancrácio foi decapitado no dia 12 de maio, dia de sua festa, no ano 304 d. C. Por tudo isso, o túmulo de São Pancrácio se transformou num lugar de peregrinação em Roma. Vários milagres aconteceram ali por causa de sua intercessão e da fé do povo.A camisola verdeA camisola verde de São Pancrácio simboliza a vitória da vida sobre a morte. Entregando sua vida por causa de fé em Cristo, ele conseguiu a vitória sobre a morte.

A palma na mão de São Pancrácio

A palma na mão de São Pancrácio simboliza a vitória dos mártires. Todo aquele que morre por causa de sua fé em Jesus Cristo é automaticamente considerado santo pela Igreja. A palavra mártir vem do grego e significa "testemunha". São Pancrácio testemunhou com sua própria vida que a fé em Jesus é tão preciosa que merece qualquer sacrifício, inclusive o da própria vida. Por isso, ele tem a palma da vitória em sua mão.

O livro na mão de São Pancrácio

O livro na mão de São Pancrácio simboliza o ensinamento que sua vida nos dá e o Evangelho que ele pregou a viveu. No livro aberto de São pancrácio aparece um texto escrito em Latim: "Venite ad-me et ego dabo vobis omnia bona." Esta frase significa: "Vinde a mim e eu lhe darei todo o bem." Trata-se de uma frase de Jesus tão usada por São Pancrácio, que se tornou seu lema de vida. Somente em Jesus Cristo encontramos todo o bem desta vida.A cidade ao fundoA cidade ao fundo na imagem de São Pancrácio simboliza Roma que, apesar de toda sua glória e poder, não foi capaz de fazer São Pancrácio desistir da fé em Cristo. A cidade ao fundo na imagem de São Pancrácio simboliza o mundo com todas as suas ilusões, mentiras e tentações, que São Pancrácio abandonou por causa de seu amor a Jesus Cristo.

Oração a São Pancrácio:

"Glorioso São Pancrácio alcançai-me de Deus o trabalho honrado e suficiente para as minhas necessidades nessa vida temporal e peço ainda saúde e força para cumprir com o meu trabalho e através de ti confio que alcançarei a glória eterna. Amem".

Veja alguns produtos de Outros Santos