Devoção a Santos

Você está em: Santos e Ícones . Devoção a Santos . Sagrado Coração de Jesus

A devoção ao Sagrado Coração

A devoção ao Sagrado Coração de Jesus é devoção ao amor apaixonado de Deus por nós. É a devoção ao amor que Ele nos expõe seu Coração ardente de amor por cada um de nós. É a devoção que tem o amor como princípio, meio e fim. Nosso Senhor Jesus Cristo disse, no Evangelho segundo São João, que “não há prova de amor maior que doar a vida por quem se ama”. (João 15, 13) E Jesus provou seu amor ardente por cada um de nós entregando sua vida, seu sangue, numa morte dolorosa. Assim, ele provou, de maneira irrefutável, que nos ama com um amor que não cabe no nosso entendimento.

Corresponder ao amor

A devoção ao Sagrado Coração de Jesus nos revela: o que cabe a nós é aceitar que somos amados dessa maneira, sem merecimento algum de nossa parte, e correspondermos a este amor. Somos amados gratuitamente. É por isso que a palavra “graça” é tão usada na Igreja. Ela significa presente, dom, dado de graça, sem merecimento. Assim, a devoção ao Sagrado Coração de Jesus torna-se, também, a devoção da gratidão e da correspondência ao amor. Gratidão infinita por tão grande amor gratuito por cada um de nós. Correspondência porque o amor exige e merece ser correspondido. tal correspondência só nos fará bem, pois o amor cura, liberta e dá vida nova.

Origem da Devoção ao Sagrado Coração de Jesus

A devoção ao Sagrado Coração de Jesus começa na Sagrada Escritura. Ela aparece em duas passagens marcantes do evangelho de João: quando São João, chamado de “o discípulo amado”, reclina sua cabeça no peito de Jesus durante a última ceia (Jo 13,23); e na cruz, quando o soldado abre o lado de Jesus com uma lança e, de seu Coração, jorram sangue e água (Jo 19,34). Na primeira passagem vemos o amor do coração de Jesus que consola antecipadamente os discípulos pela dor da morte que, logo, eles vão enfrentar. Já na segunda, vemos quão grande é o sofrimento que os pecados da humanidade causam a este coração que é só amor.

Baseados nas duas passagens citadas acima conseguimos compreender “um pouco” o apelo que Jesus fez a Santa Margarida Maria Alacoque em 1675:

"Eis este coração que tanto tem amado os homens. Não recebo da maior parte senão ingratidões, desprezos, ultrajes, sacrilégios, indiferenças… Eis que te peço que a primeira sexta-feira depois da oitava do Santíssimo Sacramento (Corpo de Deus) seja dedicada a uma festa especial para honrar o Meu coração, comungando neste dia e dando-lhe a devida reparação por meio de um ato de desagravo, para reparar as indignidades que recebeu durante o tempo em que esteve exposto sobre os altares. E prometo-te que o Meu Coração se dilatará para derramar com abundância as influências de Seu divino Amor sobre os que tributem esta divina honra e que procurem que ela lhe seja prestada."

O Sagrado Coração de Jesus e Santa Maria Alacoque

Jesus apareceu a uma santa chamada Margarida Maria Alacoque. Era uma jovem que pertencia à Ordem da Visitação. Jesus concedeu a ela a graça de ver seu Sagrado Coração e  transmitiu a maravilhosa e esperada mensagem de misericórdia e confiança que fica clarana imagem do Coração Sagrado e ardente de Jesus. A partir de então, a devoção ao Sagrado Coração de Jesus espalhou-se por todo o mundo.

As doze promessas do Sagrado Coração de Jesus

Jesus fez doze promessas à humanidade e revelou-as a Santa Margarida Maria Alacoque. O conhecimento dssas promessas fazem parte essencial da devoção ao Sagrado Coração de Jesus. Elas revelam a infinita misericórdia do amor ardente de Jesus por nós. São elas:

1. Eu lhes darei todas as graças necessárias para seu estado. 
2. Eu darei paz às suas famílias. 
3. Eu as consolarei em todas as suas aflições.
4. Eu lhes serei um refúgio seguro durante a vida, e sobretudo na hora da morte. 
5. Eu lançarei abundantes bênçãos sobre todas as sua empresas. 
6. Os pecadores acharão, em meu coração, a fonte e o oceano infinito de misericórdia. 
7. As almas tíbias tornar-se-ão fervorosas. 
8. As almas fervorosas se elevarão a uma grande perfeição. 
9. Eu mesmo abençoarei as casas onde se achar exposta e honrada a imagem do meu coração. 
10. Eu darei aos sacerdotes o poder de tocar os corações mais endurecidos. 
11. As pessoas que propagarem esta devoção terão para sempre seu nome inscrito no meu coração. 
12. Darei a graça da penitência final e dos últimos sacramentos, aos que comungarem na primeira sexta-feira de nove meses seguidos.

Pensamentos de Santa Margarida Maria Alacoque

Depois de ter vivido a experiência mística de ver o próprio Jesus, Santa Margarida teve sua vida transformada. E ela deixou alguns pensamentos que nos fazem refletir sobre o infinito amor de Deus por nós.

“Nunca desconfieis da misericórdia do Sagrado Coração, que é infinitamente maior que todas as nossas misérias”. 
“O Sagrado Coração quer reinar no coração do mundo inteiro porque todos lhe foram dados por herança”. 
“O maior testemunho de amor que podemos dar ao Sagrado Coração e a melhor reparação que lhe podemos oferecer é unirmo-nos a Ele, muitas vezes, pela comunhão sacramental e desejarmos ardentemente essa união pela comunhão espiritual”. 
“Todos podemos ser apóstolos do Sagrado Coração, porque temos corpos capazes de sofrer e trabalhar, e corações para amar e orar”. 

(Pensamentos extraídos do livro “O Coração de Jesus, segundo a doutrina de santa Margarida Maria Alacoque”)

Consagração ao Coração de Jesus

"– Eu (diga seu nome), Vos dou e consagro, ó Sagrado Coração de Jesus Cristo, minha vida, minhas ações, penas e sofrimentos,para não querer mais servir-me de nenhuma parte de meu ser, senão para Vos honrar, amar e glorificar.
– É esta a minha vontade irrevogável: ser todo Vosso e tudo fazer por Vosso amor, renunciando de todo o meu coração a tudo quanto Vos possa desagradar.
– Tomo-Vos, pois, ó Sagrado Coração, por único bem de meu amor, protetor de minha vida, segurança de minha salvação, remédio de minha fragilidade e de minha inconstância, reparador de todas as imperfeições de minha vida e meu asilo seguro na hora da morte.
– Sede, o Coração de bondade, minha justificação diante de Deus, Vosso Pai, para que desvie de mim Sua justa cólera.
– Ó Coração de amor, deposito toda a minha confiança em Vós, pois tudo temo de minha malícia e de minha fraqueza, mas tudo espero em Vossa bondade!
– Extingui em mim tudo o que possa desagradar-Vos ou que se oponha à Vossa vontade.
– Seja o Vosso puro amor tão profundamente impresso em meu coração, que jamais possa eu esquecer-Vos nem separar-me de Vós.
– Suplico, por todas as Vossas finezas, que meu nome seja escrito em Vosso Coração, pois quero fazer consistir toda a minha felicidade e toda a minha glória em viver e morrer como Vosso escravo. Amém."
(Santa Margarida Maria)

Veja alguns produtos de Sagrado Coração de Jesus