Santos e ícones Católicos

Você está em: Santos e Ícones . História de Santos . São Nicolau

Origens

Filho de família nobre e rica, Nicolau nasceu em Patara, cidade da Ásia Menor, por volta do ano 250. Seus pais eram muito ricos e cristãos fervorosos. Desde criança Nicolau demonstrou inclinação para a virtude, para a vida espiritual e para a caridade. Quando jovem, não se importava com diversões e vaidades, mas preferia participar das atividades da igreja. Já morando com sua família em Mira, desenvolveu o costume de fazer doações anônimas, tanto em dinheiro quanto em roupas e alimentos para viúvas, pobres e necessitados.

Presentes jogados pela chaminé

Este fato ajudou a criar a figura de Papai Noel. Certa vez, um pai não tinha dinheiro para pagar os dotes de suas três filhas. Por isso, não tinha condições de dar a elas um bom casamento. Desesperado, o homem decidiu encaminhar as três para a prostituição. Nicolau ficou sabendo dessa história e agiu. Encheu três saquinhos de moedas de ouro, no valor dos dotes de cada uma das filhas. Depois, foi até à casa dessa família de madrugada, subiu no telhado e jogou os saquinhos pela chaminé. Assim, ele salvou as jovens da prostituição e criou o mito do Papai Noel.

Bispo de Mira

São Nicolau foi sagrado bispo da cidade de Mira, ainda muito jovem, por causa de sua grande sabedoria, caridade e espiritualidade. Sua liderança era incontestável e admirada por todos. Porém, o que mais admiravam era sua santidade. Ele chegou a desenvolver um apostolado também na região da Palestina e Egito, mas sempre voltou para sua cidade, Mira.

Perseguição e prisão

Mais tarde, ocorreram as terríveis perseguições do imperador Diocleciano. Por isso, São Nicolau foi preso, pelo fato de ser bispo católico. Permaneceu na prisão por duas décadas, mas não renegou sua fé. Ficou firme e encorajava outros prisioneiros a permanecerem fiéis a Jesus Cristo, mesmo diante da crueldade da prisão. Somente quando foi decretado o famoso Edito de Constantino, que tornou o cristianismo a religião oficial do Estado Romano, ele foi libertado.

Atuante

O bispo São Nicolau participou ativamente do primeiro Concílio de Nicéia, em 325. Neste Concílio foi rejeitada a heresia ariana. Documentos atestam que no momento da abertura deste Concílio, o imperador romano Constantino ajoelhou-se em frente a São Nicolau e a outros santos homens de Deus, que sofreram a última persegui­ção romana. Ajoelhado, Constantino beijou suas gloriosas cicatrizes em sinal de veneração.

Milagres

São Nicolau de Mira foi venerado como santo ainda em vida. De fato, sua caridade e sabedoria, eram admiráveis. Além disso, quando ainda estava vivo, vários milagres aconteceram por usa intercessão. Por isso, sua fama se espalhou entre os cristãos da Ásia.

Morte

São Nicolau faleceu em 6 de dezembro do ano 326, na cidade de Mira. Seu túmulo tornou-se local de grande peregrinação. Mais tarde seus restos mortais foram transpor­tados para a cidade de Bari, Itália. Lá, até hoje, suas relíquias são motivo de gran­de veneração.  O culto a São Nicolau propagou-se por toda a Europa.

Oração a São Nicolau

“Deus, Todo-Poderoso, atendei às nossas preces e aceitai que Vos adoremos, prestando homenagem a São Nicolau, Sede bendito e louvado, eternamente, pelos dons que concedestes a esse Vosso Santo, e por nos haver dado São Nicolau com nosso protetor.São Nicolau, protegei-me contra os perigos do mar. São Nicolau, guiai-me.São Nicolau, socorrei-me.”

(Rezar um Pai-Nosso e uma Ave-Maria).

Veja alguns produtos de Outros Santos