Santos e ícones Católicos

Você está em: Santos e Ícones . História de Santos . Santo Urbano V

Origens

Urbano nasceu numa família nobre da França. Na juventude, estudou ciências jurídicas. Depois, deu aulas de Direito na Universidade de Montpellier e também em Avignon. Sua carreira no Direito foi brilhante. Certo dia, porém, decidiu trocar respeitada toga pelo hábito pobre e humilde de monge, pois, ingressou na Ordem Beneditina. Na Ordem, ocupou altos cargos, sendo um abade muito respeitado.

Diplomata

Urbano foi descrito em sua biografia como "professor emérito, estudioso de renome, abade de iluminada doutrina e espiritualidade". Por todas essas qualidades, ele chamado pelo Papa Inocêncio IV para empreender missões diplomáticas bastante difíceis e delicadas. Em todas, saiu-se muito bem, graças à sua sabedoria e santidade.

Papa

Por toda a sua experiência e respeito adquirido, Santo Urbano foi eleito Papa mesmo sem ser cardeal, quando seu antecessor, Inocêncio, faleceu. Seu pontificado teve a duração de oito anos apenas. Porém, ficou marcado pela administração sábia, pelo grande esforço para renovar os costumes e pela profunda nobreza em todas as suas intenções. 

Missão

Santo Urbano, como Papa, reformou a disciplina da Igreja e deu nova organização à corte pontifícia, para que esta se tornasse um exemplo de vida evangélica e cristã. Cortou pela raiz os abusos que eram cometidos ali. Por outro lado, preocupou-se também com a instrução e formação do povo.

Lutando ela educação

O pontificado de Santo Urbano aconteceu na época do humanismo. Por isso, ele, como ex-professor de Direito, empenhou grandes esforços pela promoção das ciências e pela criação de novos centros educacionais. Atendendo a um pedido formal do rei da Polônia, Santo Urbano construiu e formou a universidade da Cracóvia. Na Universidade de Montpellier, onde ele tinha lecionado, ele fundou o colégio médico e, pessoalmente, ajudou estudantes pobres.

Defendendo a Igreja

No campo da diplomacia e, até mesmo, no campo militar, o trabalho de Santo Urbano também foi importantíssimo. Ele organizou uma grande cruzada contra a invasão dos turcos muçulmanos, que ameaçavam fortemente a Europa. No campo missionário ele também se destacou, ao enviar grandes grupos de religiosos a regiões da Europa ainda não evangelizadas, como a Romênia e a Bulgária. Além disso, ele organizou uma expedição missionária que levou a Palavra de Deus à Mongólia, na distante Ásia.

Reestabelecendo a sede da Igreja

Uma das grandes metas do Papa Santo Urbano V, era a de fazer voltar a sede da Igreja para a cidade de Roma, pois, por causa de um cisma, a sede estava em Avignon, na França. Santo Urbano conseguiu fazê-lo em outubro de 1367. Na ocasião, foi recebido por um povo cheio de entusiasmo e fé. Ele foi o primeiro dos Papas que se estabeleceu no palácio que fica ao lado da Basílica de São Pedro, no Vaticano. A partir de então, esta passou a ser a residência oficial dos Papas. Porém, a paz que ele conquistou durou pouco. Alguns anos mais tarde, ele obrigado novamente a deixar Roma. Por isso, voltou para Avignon. Lá, Santo Urbano faleceu no dia 19 de dezembro do ano 1370.

Oração a Santo Urbano V

“Deus, nosso Pai, Santo Urbano viveu na mais completa simplicidade e despojamento, procurando sempre ajudar os mais necessitados. Que cada um de nós, nesse dia, possamos abrir nosso coração à claridade de vossa luz e que se dissipem de nossa vida a indiferença perante as necessidades de nossos semelhantes. Em um mundo fragilizado e doente pela violência e falta de respeito à pessoa, dai-nos coragem e ousadia para cumprir nossa missão de sermos ternos e misericordiosos, para que assim possamos alcançar de vós ternura e misericórdia. E quando findar este dia, elevemos de coração sincero esta prece: "Agora que o clarão da luz se apaga, a vós imploramos, Criador: com vossa paternal misericórdia, guardai-nos sob a luz do vosso amor. Nossos corações sonhem convosco: no sono, possam eles vos sentir. Cantemos novamente vossa glória ao brilho da manhã que vai surgir. Saúde concedei-nos nesta vida, as nossas energias renovai; da noite a pavorosa escuridão com vossa claridade iluminai. Ó Pai, prestai ouvido às nossas preces, ouvi-nos por Jesus, nosso Senhor, que reina para sempre em vossa glória convosco e o Espírito de Amor". Amém. Santo Urbano, rogai por nós.”

Veja alguns produtos de Outros Santos