Carrinho

Teleatendimento: 0800-300-5555 / (11) 3075-6850

Você está em: Santos e Ícones . História de Santos . Santa Larissa

Santos e ícones Católicos

História de Santa Larissa

Origens

Sabe-se pouco sobre a vida de Santa Larissa. Sabe-se que ela é contada entre os 26 mártires assassinados pelos godos, por volta do ano 375. Nessa época, o exército godo era liderado por Jungerich, grande inimigo e perseguidor dos cristãos. A Igreja bizantina conta a história do martírio de 26 cristãos, ocorrido no tempo dos imperadores romanos Valentiniano e Graciano. 

Perseguição

Um historiador chamado Sozomen conta que o rei dos godos, chamado Alarico, ficou extremamente irritado ao ver que seus súditos estavam abraçando o cristianismo. Isso vinha acontecendo por causa da pregação de um bispo ariano chamado Ulfilas. O rei ordenou, então, que muitos desses convertidos fossem torturados e executados em praça pública, na maioria das vezes sem julgamento. Seu intuito era afastar seu povo da fé cristã.

Torturas e morte

Os oficiais de Alarico, chefiados por Jungerich, colocavam estátuas de seus deuses sobre carruagens e desfilavam ostensivamente em frente aos locais que os cristãos utilizavam para suas celebrações religiosas. Eles avisavam que aqueles que adorassem os ídolos e oferecessem sacrifícios a eles, seriam poupados. Porém, os que se negassem, seriam queimados vivos ali mesmo. 

Santa Larissa entre os 26 mártires

Jungerich, de outra vez, deu ordens para que uma igreja fosse incendiada durante uma celebração da missa. Os soldados ofereceram liberdade aos cristãos que renegassem a fé em Cristo. Porém, ninguém quis negar o Senhor Jesus. Santa Larissa defendeu bravamente a fé na vida eterna e confessou Jesus Cristo diante dos soldados. Nesse dia, 308 cristãos deram suas vidas, morrendo queimados por causa da fé em Jesus Cristo. Entre eles, 26 tem seus nomes conhecidos.  E, entre esses, consta o nome de santa Larissa, virgem e mártir. Conta-se, inclusive, que um homem desconhecido entrou na igreja para confessar sua fé em Jesus Cristo e morreu mártir com os outros. 

Conversão

De nada, porém, adiantou a violência do rei Alarico. Pouco tempo depois desse massacre, um grande número de godos tinha-se convertido ao cristianismo, justamente por causa do testemunho dos cristãos mártires. Sabe-se que entre 383-392, os godos já tiveram um rei cristão, cuja esposa, Gaatha, também foi martirizada.

Testemunho cristão

A rainha Gaatha e sua filha Duclida pegaram as relíquias dos 26 mártires e levaram-nas para a Síria. Para tanto, tiveram a ajuda de alguns padres e de um leigo chamado Thyellas. Quando Gaatha voltou à sua terra natal, foi apedrejada até a morte por um grupo de pagãos e morreu como um mártir. Duclida, que mais tarde também se tornou santa, pegou as relíquias e levaram-nas para Cyzicus, na Ásia Menor. Lá, ela doou algumas dessas relíquias para serem implantadas nos altares das igrejas. Santa Larissa e os santos mártires passaram a ser comemorados no dia 23 de outubro nas igrejas góticas. Nas igrejas Ortodoxas eles são comemorados no dia 26 de Março.

Oração a Santa Larissa

“Ó Deus, que destes a Santa Larissa a graça de perseverar na fé até o fim, a tal ponto de entregar a própria vida por causa de vosso Filho Jesus Cristo, dai também a nós a graça da perseverança e da coragem de testemunhar a fé em todas as situações da vida. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo, amém. Santa Larissa, rogai por nós.”

Veja alguns produtos de Outros Santos