Devoção a Santos

Você está em: Santos e Ícones . Devoção a Santos . São Pedro

A devoção a São Pedro

A devoção a São Pedro é uma das devoções mais populares do Brasil e de vários países da Europa. Ela se manifesta mais forte no mês de junho, mais precisamente no dia 29, dia de São Pedro e São Paulo, as colunas da Igreja.

São Pedro foi um dos primeiros discípulos de Jesus. Nascido no vilarejo de Betsaida, perto de Cafarnaum, na Galiléia, ele se chamava Simão e era irmão do também discípulo André. Aliás, foi André quem apresentou Pedro a Jesus. Pedro e André, juntamente com Tiago e João, eram pescadores e formavam uma espécie de sociedade de pesca na cidade de Cafarnaum, às margens do Mar da Galiléia. Jesus conquistou o coração de todos. Sabe-se que Pedro era casado, pois Jesus curou sua sogra.

Um dos momentos mais marcantes da da vida de Pedro foi quando, por revelação divina, ele proclamou que Jesus era não apenas o Messias, mas, além disso, o Filho do Deus Vivo! Por esta razão Jesus mudou seu nome para Pedro, que significa "Pedra" e proclamou-o líder, portador das chaves da Igreja que ele iria fundar.

São Pedro presenciou todos os milagre operados por Jesus, inclusive aqueles que envolviam sua profissão de pescador, como a pesca milagrosa e as tempestades acalmadas no mar. São Pedro caminhou sobre as águas do Mar da Galiléia, quando Jesus o chamou. E esta passagem dá o rumo de toda a devoção a São Pedro. Pois, enquanto ele tinha os olhos fixos em Jesus, caminhava em cima das águas. Porém, quando passou a olhar as ondas e o vento, começou a afundar. Então, Jesus o resgatou. Nós, também, caminhamos sobre as águas dos problemas e dificuldades da vida. Mas, se tivermos os olhos fixos em Jesus, não afundaremos.

Mas Pedro, também, teve suas fraquezas. Negou Jesus por três vezes no momento mais difícil. Mas, depois da ressurreição, Jesus o fez proclamar por três vezes que o amava. E Jesus o confirmou na missão de liderar os fiéis, apascentar as ovelhas de seu rebanho.

Depois de receber o Espírito Santo em Pentecóstes, São Pedro deixou de ser aquele homem medroso, inseguro e instável, para ser o grande líder, o primeiro Papa da Igreja. Missão que ele honrou até o último dia de sua vida, sendo luz, exemplo e guia para a Igreja nascente. Governou a Igreja a partir de Roma, liderando os cristãos nos tempos mais difíceis da perseguição romana. Escreveu duas cartas, que fazem parte do Novo Testamento. Essas cartas são um primor de teologia, amor, força e pastoreio daquele que tem cuidado por suas ovelhas.

São Pedro faleceu em Roma, sofrendo o martírio da crucificação, como Nosso Senhor Jesus Cristo. Mas pediu que fosse crucificado de cabeça para baixo, não se julgando digno de entregar a vida como seu Mestre e Senhor.

São Pedro foi sepultado no local onde, séculos mais tarde, foi erguida a atual basílica de São Pedro. Escavações arqueológicas comprovaram que, realmente, o túmulo que fica na cripta da basílica, atribuído a São Pedro, foi o local onde os cristãos sepultaram seu grande líder, depois de seu martírio.

Por sua história de conversão, amor a Jesus, chamado e liderança, a devoção a São Pedro é a devoção da entrega total a Nosso Senhor Jesus Cristo. É a devoção daqueles que olham fixos para Jesus durante as tempestades da vida. É a devoção da fé, daquela fé que nos faz caminhar sobre as águas revoltas dos problemas da vida, com os olhos fixos em Jesus. A devoção a São Pedro nos ensina a caminahar sobre os problemas da vida olhando firmes para Jesus, sem desviar o olhar e sem afundar. Que São pedro nos ajude a manter os olhos sempre fixos em Jesus. Glorioso São Pedro, rogai por nós!

Veja alguns produtos de São Pedro