Carrinho

Teleatendimento: 0800-0021124 / (11) 3075-6850

Você está em: Santos e Ícones . História de Santos . São Lourenço de Brindisi

Santos e ícones Católicos

História de São Lourenço de Brindisi

Origens

O nome de batismo de São Lourenço de Brindisi era Júlio César Russo. Ele nasceu em 21 de julho de 1559, na cidade de Brindisi, Itália. Com apenas seis anos, o menino já deixava todos encantados memorizando várias páginas de textos e declamando-as perfeitamente. E assim ele cresceu saindo-se brilhante em todos os estudos. Aos quatorze anos, porém, uma reviravolta violenta aconteceu em sua vida: ele ficou órfão. Então, um tio seu o acolheu levando-o para viver na grande cidade de Veneza. Lá, apesar da dor da perda dos pais, teve mais condições de fazer desabrochar seu grande talento para os estudos.

O chamado da fé

Dois anos depois de estar vivendo em Veneza, o jovem Júlio César entrou para a Ordem dos Frades Menores Franciscanos. Depois, entrou para os Capuchinhos de Verona. Estando entre eles, recebeu a ordenação sacerdotal em 1582 e assumiu o nome religioso de Lourenço. Depois de morto, passou a ser chamado de São Lourenço de Brindisi, por causa de sua cidade natal, para diferenciá-lo de São Lourenço mártir. Completou seus estudos na famosa Universidade de Pádua. Em 1586 retornou a Veneza com a missão de ser Mestre de Noviços da Ordem. Seus dons de inteligência afloraram ainda mais e todos se encantavam com sua sabedoria.

Dons a serviço do Reino de Deus

São Lourenço de Brindisi tornou-se um grande orador, especialista e conhecedor de várias línguas. Sua sabedoria e santidade o levaram a ser eleito para vários cargos dentro da Ordem e da Igreja. Ele foi provincial da Ordem em Veneza, Gênova, Toscana e Suíca. Foi comissário de seus confrades na Baviera e no Tirol. Foi um grande e firme pregador da Doutrina Católica contra a reforma protestante. Foi eleito Superior Geral da Ordem dos Capuchinhos e embaixador do Papa Paulo V. Nessa missão, ele intermediou a paz entre poderosos líderes em conflito.

Lutando contra as invasões

Por sua fé firme e conhecimento da doutrina, animou o povo e as autoridades na luta para barrar as invasões muçulmanas. Estas ameaçavam seriamente chegar ao centro da Europa. São Lourenço de Brindisi, porém, não usava uma espada, mas sim a Palavra de Deus e o dom da sabedoria. Suas armas eram a Palavra e uma pequena cruz de madeira. Ele foi Capelão do exército romano e conselheiro general Filipe Emanuel de Lorena. 

Morte

São Lourenço de Brindisi faleceu no mesmo dia em que se comemorava o seu aniversário: 21 de julho de 1619. Este passou a ser o dia de sua festa litúrgica. Aconteceu quando ele voltou pela segunda vez em missão a Lisboa, Portugal. Sua canonização foi celebrada em 1881. Em 1959 o Papa João XXIII conferiu a ele o título de Doutor da Igreja.

Oração a São Lourenço de Brindisi

Ó Deus, que marcastes pela vossa doutrina a vida de São Lourenço de Brindisi, concedei-nos, por sua intercessão, que sejamos fiéis à mesma doutrina, e a proclamemos em nossas ações. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso filho, na unidade do Espírito Santo. Amém. São Lourenço de Brindisi, rogai por nós.”

Veja alguns produtos de Outros Santos