Carrinho

Teleatendimento: 0800-300-5555 / (11) 3075-6850

Você está em: Santos e Ícones . História de Santos . Santo Ulrico

Santos e ícones Católicos

História de Santo Ulrico

Origens

Ulrico nasceu por volta do ano 1154, em Bristol, na Inglaterra. Filho de nobres e ricos, na juventude Ulrico entregou-se a todos os vícios da nobreza inglesa. Parece que ele se tornou religioso e, mesmo assim, continuou sua vida desregrada. Acontece que, na sua época, um grande número de sacerdotes não observava as normas de conduta da Igreja. Assim, viviam como se não fossem religiosos e usavam da religião para se enriquecerem ou para conseguir o que queriam.

Um mendigo muda sua vida

Certa vez, um mendigo se aproximou de Ulrico. Surpreendentemente, o homem era cheio de sabedoria e fez várias advertências a Ulrico a cerca de seu comportamento, da falência dos costumes, da imoralidade e da decadência de valores até mesmo entre aqueles que se diziam religiosos. As palavras do mendigo tocaram a consciência de Ulrico e ele reconheceu, cheio de vergonha, a verdade e o caminho errado em que vinha seguindo.

Mudança

Ulrico decidiu, então, juntar-se a um grupo de padres que procuravam viver na disciplina do evangelho. Eles trabalhavam na indústria da lã e na agricultura. Além disso, dedicavam-se ao estudo, à oração, pregavam o evangelho e buscavam distanciar-se da vida no pecado. Juntando-se a eles, Ulrico desapareceu das festas e passou a penitenciar seu corpo, buscando vencer as tentações. Vestia, por vezes, uma malha de ferro sobre a própria pele para se mortificar. A princípio, todos estranharam, mas ele permaneceu firme.

Apaixonado

Padre Ulrico passa a celebrar missas cheias de ardor. Pregava o Evangelho com todo ardor tocando os corações mais insensíveis. Passou a trabalhar pelo bem Igreja e a copiar livros sagrados, para preservar as tradições e a Doutrina da Igreja. Enfim, ele se encontrava feliz por ter reencontrado o caminho da vida, o seguimento de Jesus Cristo, que o levou de volta para Deus.

Amigo dos pobres

Padre Ulrico passou a ser muito conhecido entre os mais pobres e necessitados. Tornou-se um dos poucos clérigos que os escutavam. Por isso, passou a ser a voz dos pobres, pregando a Palavra de Deus a eles e levando-lhes a esperança. Muitos afirmavam que ele tinha o dom da profecia. Por isso, até o rei Henrique II foi visitá-lo, ansioso por ouvir seus conselhos. E encontrou a sabedoria de um santo homem.

Morte

Nos últimos anos de sua vida Santo Ulrico escolheu viver numa pequenina cela que ficava na Igreja de Haselbury. A essa altura, sua fama era a de um homem santo. Por isso, gente de todo o país acorria em peregrinação a fim de vê-lo e ouvi-lo. Todos voltavam com o coração satisfeito e alimentado pela Palavra de Deus. Quando a notícia de sua morte chegou, no dia 20 de fevereiro de 1154, uma imensa comoção tomou conta do coração do povo humilde e simples que o amava. Por conta desse amor do povo, a cela em que ele viveu seus últimos anos, foi transformada na sacristia da bela Igreja de Haselbury.

Oração a Santo Ulrico

“Ó Deus, que destes a santo Ulrico a graça de abandonar uma vida fútil e sem sentido para se converter aos valores mais profundos do Evangelho anunciados por vosso Filho Jesus, dai também a nós a graça desta conversão profunda ao seguimento de da pessoa e dos ensinamentos de Nosso Senhor Jesus Cristo. Amém. Santo Ulrico, rogai por nós.”

Veja alguns produtos de Outros Santos