Carrinho

Teleatendimento: 0800-300-5555 / (11) 3075-6850

Você está em: Santos e Ícones . História de Santos . Santo Erasmo

Santos e ícones Católicos

História de Santo Erasmo

Também conhecido como Sant Elmo.

Protetor contra as doenças do ventre, intestinais e no alívio das dores do parto.  

Origens

Santo Erasmo viveu no Século IV. Fazia parte do grupo de sacerdotes da cidade de Antioquia. Esta região era dominada pelo império romano. Por causa da perseguição do então imperador Diocleciano, Santo Erasmo teve que se esconder numa caverna localizada no Monte Líbano por um período de sete anos. Ali, dedicou-se à oração, à meditação da Palavra de Deus e à evangelização de viajantes.

Testemunhando a fé diante dos perseguidores

Talvez por causa desse trabalho de evangelização, Santo Erasmo foi descoberto e preso pelos romanos. Obrigado a renegar sua fé em Jesus Cristo, ele se recusou. Por isso, foi torturado durante muito tempo. Depois, foi julgado pelo próprio imperador em Antioquia. Mantendo firme sua fé mesmo diante da autoridade máxima do império, foi preso novamente. Na prisão, dedicou-se à oração e à evangelização de outros presos, conseguindo, naquele lugar abandonado e rejeitado por todos, almas para Deus.

Milagre

Enquanto estava na prisão, o Senhor Deus quis transportá-lo para outro lugar, para que a mensagem de Jesus se tornasse conhecida. Por isso, ele foi retirado milagrosamente da prisão e transportando por anjos de Deus até a Dalmácia. Ali, pregou a Palavra de Deus e foi instrumento do Altíssimo na realização de vários milagres. Santo Erasmo permaneceu ali por mais sete anos. O povo local, vendo o poder de Deus que agia através ele, converteu-se à fé cristã. Sua fama se espalhou e, novamente, os romanos o descobriram.

Nova prisão

Sob as ordens do imperador Maximiano, Santo Erasmo foi preso novamente e levado ao tribunal em praça pública. Lá, diante do imperador, de juízes e de uma multidão de curiosos, Santo Erasmo testemunhou sua fé em Jesus Cristo e destruiu um ídolo pagão reverenciado naquela região. Grande foi o número de pagãos que se converteram ao presenciarem a argumentação irrefutável do santo, bem como o poder de Deus que agia através dele, dando sabedoria e coragem. Dentre esses, muitos chegaram a testemunhar a fé em Cristo com a própria vida, sob a perseguição de Maximiano.

Protetor contra as doenças intestinais

Outra vez na prisão, Santo Erasmo foi terrivelmente torturado para que renegasse a fé. Seu ventre foi cortado com tal violência, que parte de seu intestino ficou para fora do corpo. Por isso, ele também é invocado como protetor contra as doenças intestinais, do ventre e no alívio das dores do parto. Santo Erasmo permaneceu firme, mesmo sofrendo os mais cruéis suplícios.

Nova Libertação

Desta prisão, também, mais uma vez, Santo Erasmo foi libertado pelo Arcanjo São Miguel e transportado para Fornia, na costa sul da Itália. Lá, por causa de sua fama de santidade e testemunho de fé, foi aclamado bispo. Seu episcopado foi fecundo e formou um grande número de cristãos fervorosos. Porém, não durou muito. Por causa dos ferimentos causados pelas torturas que sofreu, seu corpo não resistiu e ele veio a falecer.

Mártir e protetor dos marinheiros

Santo Erasmo é considerado mártir da Igreja pelo fato de ter morrido em consequência das torturas recebidas por causa da fé em Jesus Cristo. Por causa das tormentas que viveu em seu corpo, Santo Erasmo também é invocado pelos marinheiros na proteção contra as tormentas do mar. Seu testemunho de fé iluminou a vida muitos cristãos ao longo dos séculos.

Oração a Santo Erasmo

Sagrado mártir Santo Erasmo, que com dignidade e bravura sofrestes o julgamento e o terrível martírio e que pela vossa caridade consola os que sofrem eu imploro a ti que se lembre deste vosso servo e devoto fiel e de minhas necessidades aqui na terra e interceda a meu favor com Nosso Senhor Jesus Cristo. Vigoroso defensor da Fé, vitorioso a todas as torturas, peça a Jesus por mim e peça a Ele me conceda a graça de viver e morrer na Fé através da qual possa obter a coroa da glória. Amém.”

Veja alguns produtos de Outros Santos