Santos e ícones Católicos

Você está em: Santos e Ícones . História de Santos . Santo Antônio Maria Zacarias

Fundador da congregação dos Clérigos Regulares de São Paulo "barnabitas" e da congregação das Angélicas de São Paulo

Origens

Antônio nasceu no ano 1502 em Cremona, Itália. Era filho da família Zacarias, que era rica, nobre e tradicional. Ele foi filho único do casal Antonieta e Lázaro. Com apenas dois anos de idade, Antônio sofreu um grande golpe na vida: o falecimento de seu pai. Por causa disso, apareceram vários pretendentes a um casamento com sua mãe, pois ela tinha apenas dezoito anos na ocasião. Antonieta, porém, recusou-se e foi viver afastada do círculo social da aristocracia de Cremona. Ela decidiu dedicar sua vida à educação e formação de Antônio.

Austeridade da mãe

A jovem Antonieta passou a viver uma vida dedicada também a Deus. Aos poucos ela foi se tornando para todos um belo exemplo de vida marcada pela austeridade, pela busca da oração, do conhecimento e da fé. Tudo isso ela fez pensando em fazer de Antônio um homem de bem. O empenho de Antonieta ajuda-nos a compreender um pouco sobre quem foi Santo Antônio Maria Zacarias: um homem muito bem preparado para viver no mundo e servir a Igreja.

Inteligência e caridade

À medida em que crescia, Antônio Maria demonstrava que o esforço de sua mãe estava valendo a pena. Ele começou a se destacar na escola pela inteligência e pela bondade. Várias vezes voltou para casa no extremo frio, sem os agasalhos caros com que se vestia, pois tinha dado a algum mendigo.

Jovem despojado

Quando completou dezoito anos decidiu partir para estudar mais. Antes disso, porém, doou toda a herança que lhe cabia à sua mãe. Estudou filosofia na cidade de Pávia e medicina em Pádua. Durante o tempo de estudos foi sempre dedicado e ótimo aluno, ao contrário da maioria dos estudantes que preferiam gastar seu tempo com diversões e prazeres. Ao invés de usar roupas dos ricos e nobres, ele preferia se vestir com simplicidade e se comportava humildemente.

Médico competente e caridoso

Depois de formado, Antônio Maria tornou-se um médico competente e caridoso. Era procurado por todos por causa dessas qualidades. Ele ainda se destacou por também aliviar os males da alma dos que estavam sob seus cuidados. Distribuía remédios gratuitamente a quem precisava e paz de espírito aos aflitos e angustiados. Durante esse tempo, nunca deixou sua vida espiritual de lado. Dedicava-se sempre à oração e às leituras espirituais.

Padre aos 28 anos

Aos poucos, o médico e santo Antônio Maria Zacarias foi sentindo em seu coração o chamado para cuidar mais da alma do que do corpo de seus pacientes. Foi se definindo em sua vida o chamado para o sacerdócio. Assim, como ele já tinha formação, ordenou-se sacerdote em 1528. Partiu, então, para a cidade de Milão, onde foi exercer o sacerdócio. Lá, Deus iria lhe mostrar novos rumos de vida e de missão.

Fundador

Em Milão, Santo Antônio Maria Zacarias se uniu a dois companheiros que compartilhavam do mesmo ardor apostólico: Bartolomeu Ferrari e Tiago Morigia. Os três fundaram a Congregação dos Clérigos Regulares de São Paulo. Os membros da Congregação passaram a ser chamados de “Barnabitas” porque a primeira casa que tiveram foi construída ao lado da igreja dedicada a São Barnabé, na cidade de Milão.

Reformador

Mais tarde Santo Antônio Maria Zacarias, ajudado por uma condessa chamada Ludovica Torelli, ele fundou uma congregação feminina chamada Angélicas de São Paulo. Mas seu trabalho não se restringiu apenas ao círculo religioso. Preocupado com a situação das famílias, ele fundou o Grupo de Casais, com o objetivo de ajudar os leigos a viverem bem o sacramento do matrimônio, para que as famílias fossem mais felizes. Toda a Obra de Santo Antônio Maria Zacarias se voltou, então, para a reforma dos padres, das religiosas e dos leigos.

Devoto da Eucaristia

Santo Antônio Maria Zacarias foi um grande devoto da Eucaristia. Neste sentido, ele deixou marcas na Igreja. Foi ele quem instituiu o toque dos sinos das igrejas às três horas da tarde, para lembrar a todos a hora da morte de Nosso Senhor Jesus Cristo. Ele também instituiu o que ficou conhecido como "quarenta horas de adoração ao Santíssimo Sacramento".

Morte

Santo Antônio Maria Zacarias pregava missões em vários lugares na Itália. Numa dessas missões ele contraiu a peste proveniente de uma epidemia que contagiava toda a região. Ele tinha apenas 36 anos quando pegou a peste. Sabendo, como médico, que não teria chances de sobreviver, voltou para a casa de sua mãe e veio a falecer nos braços dela. Santo Antônio Maria Zacarias faleceu na mesma casa onde tinha nascido, no dia 5 de julho de 1539. Sua canonização aconteceu em 1897.

Oração a Santo Antônio Maria Zacarias

Ó Deus, que destes a Santo Antônio Maria Zacarias a graça de conhecer-vos profundamente e de dedicar sua vida ao vosso Reino, dai também anos a caridade, a fé e a perseverança que fizeram dele um exemplo de vida cristã. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo, amém. Santo Antônio Maria Zacarias, rogai por nós.”

Veja alguns produtos de Outros Santos