Carrinho

Teleatendimento: 0800-300-5555 / (11) 3075-6850

Você está em: Santos e Ícones . História de Santos . Santa Zenaide

Santos e ícones Católicos

História de Santa Zenaide

Santa Zenaide

Irmã de Santa Filonila e sobrinha de São Paulo. Ela e sua irmã são as primeiras mulheres cristãs a exercerem a medicina. São intercessoras pelas enfermidades do corpo e da alma.

Origens

As irmãs Zenaide e Filonila nasceram em Tarso, na região chamada Cilícia, que ficava na Ásia Menor, atual Turquia. A Tradição cristã nos atesta que as duas eram sobrinhas do grande Apóstolo Paulo, também de Tarso. Ao verem a mudança extraordinária ocorrida na vida do tio, as duas abraçaram a fé em Jesus Cristo e dedicaram sua virgindade a ele. Ambas foram instruídas por um irmão chamado Jasão de Tarso, que, mais tarde, tornou-se bispo da comunidade cristã de Tarso. Alguns manuscritos afirmam que Jasão tinha sido um dos 72 discípulos enviados por Jesus em missão na Palestina.

Missionárias

Zenaide e sua irmã foram mulheres que ousaram e viveram além de seu tempo. Quando sentiram que tinham conhecimento e vivência cristã suficiente, venderam seus bens e saíram por vilas e cidades pregando o Evangelho. E, apesar viverem num mundo extremamente machista, colheram muitos frutos de adesão e conversão de corações ao cristianismo. Além da pregação da palavra de Deus, as duas curavam a muitos doentes.

Medicina

Zenaide e sua irmã tinham vocação para a medicina. Não se sabe como aprenderam o ofício, mas sabe-se que se dedicaram fortemente a ele. Os médicos locais atendiam somente aos ricos e cobravam caro pelos serviços. Além disso, ganhavam muito dinheiro investindo na venda de objetos “mágicos” e amuletos. Já as santas Zenaide e Filonila atendiam a todos os que precisavam sem cobrar nada e rejeitavam os amuletos e o ocultismo praticado pelos médicos. Por isso, um grande número de pessoas procuravam as duas. Os médicos locais, porém, começaram a ficar incomodados com isso e passaram a persegui-las.

Caverna

Por causa da perseguição, Santa Zenaide e sua irmã decidiram morar numa caverna que ficava perto da cidade de Demetríade, cidade com vários templos dedicados a Esculápio (deus da medicina para os gregos). Ali, viveram vida de oração, jejuns e atendimento aos necessitados. Santa Zenaide dedicava-se mais à medicina e sua irmã recebera o dom da cura. Assim, muitos eram curados pela oração e muitos, também, pela medicina. Afinal, a medicina também foi dada por Deus e deve ser honrada como tal.

Fé e ciência

As duas santas irmãs conseguiam unir a fé e a ciência num serviço que levava vida para o povo. Tratavam das enfermidades físicas e também das doenças espirituais. Desenvolveram estudos em que separavam os efeitos de medicamentos da superstição. Santa Zenaide chegou a distinguir transtornos psiquiátricos, como a depressão, enxergando-os como doenças e não como efeitos de influências mágicas ou sobrenaturais. Isso, num mundo supersticioso e ignorante, mostra o grande avanço das duas irmãs e como o cristianismo liberta o ser humano.

Perseguição

A missão de Santa Zenaide e sua irmã se tornava cada vez mais conhecida. Muitos iam ä caverna diariamente em busca de cura e dos ensinamentos sobre Jesus Cristo. E muitos se converteram e foram batizados. Ao longo dos anos, os templos exotéricos de cura da região foram se esvaziando. Porém, alguns daqueles que viviam da superstição e da ignorância do povo, ficaram enfurecidos com tudo isso e começaram uma perseguição mais forte contra as irmãs, com o objetivo de eliminá-las. Sabendo que o povo defenderia as duas com todas as forças, foram à noite, às escondidas e apedrejaram as duas até a morte. Somente ao amanhecer, quando os fiéis começaram a chegar, é que viram o que tinha acontecido. Seguiram-se dias de grande sofrimento para a comunidade cristã que nascera ali. Porém, por outro lado, mais pessoas decidiram-se pelo cristianismo por causa do testemunho das duas irmãs mártires. Assim, a comunidade cresceu e o culto aos ídolos pagãos nunca mais voltou ao que era antes da chegada das santas irmãs.

Oração a Santa Zenaide

“Ó Deus, que destes a Santa Zenaide e sua irmã Santa Filonila a graça da compaixão pelo sofrimento do próximo aliada ao estudo da medicina e ao dom da cura, concedei que, pela intercessão das duas santas irmãs, sejamos curados das enfermidades do corpo e da alma. Pedimos especialmente pela seguinte intenção... (fazer o pedido) Por Cristo, nosso Senhor. Amém. Santas Zenaide e Filonila, rogai por nós.”

Veja alguns produtos de Outros Santos