Santos e ícones Católicos

Você está em: Santos e Ícones . História de Santos . Santa Dorotéia

Origens

Santa Dorotéia nasceu na Capadócia no final do Século III. Filha de família cristã, ela herdou a fé de seus pais. Estes, foram martirizados pelo império romano por não renegarem Jesus Cristo. Por causa de seu conhecimento de Cristo e de toda a experiência do martírio de seus pais, a jovem Dorotéia optou pela virgindade, a fim de se consagrar ao Senhor e poder se dedicar totalmente a Ele, na prática da caridade, da oração e do jejum. Por isso, ela se tornou um sinal de santidade, humildade, fé, bondade e prudência.

Perseguição

Pelo fato de se destacar pelo exemplo de fé e amor cristão, Santa Dorotéia foi uma das primeiras cristãs a serem perseguidas por um governador chamado Fabrício. Este, recebera ordens diretas do imperador para eliminar o cristianismo na região da Capadócia. Dorotéia foi presa e levada a um terrível interrogatório. Diante dos magistrados, ela continuou firme na fé e não renunciou a Jesus, como eles exigiam. Ao contrário, cheia de fé e de alegria ela dizia: “Tenho pressa de chegar junto de Jesus, meu Senhor, que chamou para si os meus pais”.

A promessa de um milagre

Por não renunciar sua fé em Jesus cristo, Santa Dorotéia foi condenada à morte. Quando saiu sua sentença de condenação, um advogado chamado Teófilo, que estava presente, disse à santa em tom de gozação, que ela enviasse rosas e frutos do jardim de seu Senhor. Santa Dorotéia, porém, levou a brincadeira a sério e disse a ele: “Se acreditares em Deus, farei o que me pedes.” O Advogado sentiu a força surpreendente das palavras da fé de Santa Dorotéia, e esperou tentando agarrar-se em alguma esperança de fé.

O milagre das flores e frutos

Chegando ao local onde ela seria decapitada, ela pediu aos carrascos alguns instantes para rezar. Eles concederam. Ela se ajoelhou, rezou e, em seguida, chamou um garoto de apenas seis anos que estava ali perto. O garoto foi até ela. Então, Santa Dorotéia enxugou seu rosto suado com um lenço e entregou o lenço ao menino, pedindo que o tal lenço fosse entregue ao advogado Teófilo. No exato momento em que Santa Dorotéia foi decapitada, o garoto entregou o lenço a Teófilo. Vendo o corpo sem vida de Santa Dorotéia, o advogado levou o lenço ao rosto e sentiu um forte e inesquecível perfume de flores e frutas. Teófilo se ajoelhou ali mesmo, pediu perdão a Deus por ter perseguido os cristãos e se converteu. Por causa de seu testemunho de fé, ele também foi preso e forçado a renunciar à fé em Cristo. Como ele não renunciou, foi igualmente decapitado dando grande testemunho de fé em Nosso Senhor. Muitos se converteram por causa de seu testemunho.

Oração a Santa Dorotéia

Santa Dorotéia, que conservastes com cuidado o lírio da pureza, obtende a bondade do Senhor, de conservar íntegra em nosso coração a virtude da castidade, para possuir contigo a alegria do Paraíso (Glória ao Pai). Santa Dorotéia, que com o exemplo e a palavra conservastes o Evangelho as tuas irmãs, conceda-nos a graça de sermos mensageiras de Deus, capazes de anunciar Sua Palavra com amor aos irmãos, para conduzi-los à estrada da justiça e da santidade. Gloriosa Mártir Santa Dorotéia, que do céu mandaste um cesto de frutos e flores ao seu perseguidor Teófilo, e ele, experimentando no íntimo da alma a tua bondade e a tua glória, se converteu ao cristianismo, obtende-nos a graça de vivermos fielmente o nosso batismo, anunciando à todos a fé e, levar assim, o nosso atributo para realizar na terra a paz e o amor. Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo. Amém.”

Veja alguns produtos de Outros Santos