Santos e ícones Católicos

Você está em: Santos e Ícones . História de Santos . Nossa Senhora das virtudes

Uma mulher cheia de virtudes

Esse título de Nossa Senhora enaltece as virtudes da Mãe de Jesus. Como podemos ver nos Evangelhos, Nossa Senhora era uma mulher com muitas virtudes. Podemos ver abaixo alguns exemplos de virtudes de Nossa Senhora.

Humildade profunda

Mesmo sendo a Mãe daquele que salvou a humanidade, Maria se manteve em silêncio e nunca se disse superior por isso. Esta humildade, que consiste na vontade de apenas ser serva de Deus esmaga a cabeça do demônio. Nossa Senhora sempre soube que tudo nela era dom de Deus. Guardava apenas no coração as graças que recebia de Deus. Ela sempre se colocava em último lugar e se sentia alegre ao servir ao próximo. Não sentiu medo de ir ao Calvário, lugar em que ela foi reconhecida como a mãe de um condenado

Uma mulher de muita fé

Foi por causa da fé de Maria que ela foi chamada de bem-aventurada por Isabel, sua prima: “bem-aventurada és tu que creste!”. Na Paixão de Cristo, os discípulos duvidaram de Jesus inúmeras vezes, mas Nossa Senhora continuou firme na fé. Segundo Santo Alberto, o Grande, “A fé é um dom de Deus e, ao mesmo tempo, uma virtude”. Nossa Senhora viu seu Santo Filho no estábulo de Belém e desde então soube que ele era na verdade o Filho de Deus.

Obediência cega

O primeiro mandamento de Jesus nos diz para amarmos a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a nós mesmos. Maria, Mãe de Jesus, cumpriu completamente este mandamento. Santo Irineu dizia que Nossa Senhora se tornou, por meio de sua obediência, a raiz da salvação da raça humana.

Oração ininterrupta

Em suas aparições, Nossa Senhora sempre incentivou a oração. Maria glorificou ao Senhor não apenas com palavras, mas com sua alma. Orou em espírito e em verdade quando se encontrou com Isabel, sua prima. A frase “Minha alma glorifica ao Senhor!” é uma das frases mais icônicas de Maria. Ela vivenciou a presença de Deus em seu interior. Ela agradecia e queria retribuir tudo a Deus. Nas Bodas de Caná, além de deixar claro que confiava na oração de pedido, convenceu os discípulos a também acreditarem. No cenáculo os discípulos também recorreram à oração de Nossa Senhora.

Divina Pureza

Esta valiosa virtude abre as portas do céu para o homem, por causa da semelhança alcançada com os anjos e com o próprio Jesus Cristo. O esplendor da Virgindade de Nossa Senhora, fez dela a criatura mais radiante imaginável.

Ardente Caridade

A Virgem Maria sempre amou intensamente a Deus, e por Ele, nunca deixou de amar a humanidade. Seu amor por Deus e pela humanidade transpassou sua alma de uma maneira que não sobrou nenhuma parte em seu ser que não se doou por completo à causa divina. A caridade de Maria chegou ao ponto de ela nos doar seu Divino Filho Jesus.

Paciência Heroica

A Virgem Maria suportou com resiliência e tranquilidade toda dor e sofrimento permitidos por Deus. Durante sua gravidez, no Egito, em Belém, quando perdeu o Menino Jesus no templo, ao ver Jesus na cruz sofrendo as mais profundas dores, e em muitos outros momentos. A tolerância de Maria é surpreendente. Nossa Senhora, a Mãe da Igreja, consegue persistir, esperar em paz o que ainda não conseguiu, confiando e esperando em Deus, sabendo que conseguirá tudo em seu tempo.

Oração a Nossa Senhora das Virtudes

“Ó Virgem Santíssima, Senhora das Virtudes, tu que fostes e é cheia do Espírito Santo, fonte de todas as virtudes, a vós recorro para pedir que também na minha vida apareçam as virtudes que nos conduzem para o céu. Dai-me a graça de viver e me comportar de maneira digna e virtuosa, para que o Pai seja sempre glorificado através do meu comportamento, amém. Nossa Senhora das Virtudes, rogai por nós.

Veja alguns produtos de Outros Santos