Devoção a Santos

Você está em: Santos e Ícones . Devoção a Santos . Nossa Senhora Aparecida

A devoção a Nossa Senhora Aparecida

A devoção

A devoção a Nossa Senhora Aparecida começou no dia da descoberta da imagem nas águas do rio Paraíba, há mais de trezentos anos, em 1717. A partir da milagrosa descoberta da imagem, os pescadores a levaram para casa; colocaram-na num altar improvisado e começaram a rezar o terço aos pés da Virgem. E as graças começaram a acontecer. Primeiro, em benefício dos pescadores e de suas famílias. Depois, a devoção se espalhou e atingiu milhões de pessoas ao longo desses três séculos.

Princesa Isabel – grande devota de Nossa senhora Aparecida

Uma das devotas mais ilustres da Virgem Aparecida foi a princesa Isabel. E ela teve um papel importante na devoção. Sonhando ser mãe de um menino que herdasse o trono, ela pedia fervorosamente tal graça a Nossa Senhora Aparecida. Porém, não conseguia levar adiante suas gestações. Sofreu vários abortos espontâneos, inclusive um quando o bebê completava nove meses de gestação e faleceu após cinquenta horas de trabalho de parto.

Triste, porém fervorosa e perseverante, no ano seguinte ela engravidou novamente e conseguiu dar à luz o filho tão sonhado. Era dom Pedro de Alcântara. Depois disso, ela teve ainda mais dois filhos: Luiz Maria e Antônio.

Por gratidão, a princesa foi duas vezes em romaria até o Santuário de Aparecida. Em 1868, ofertou à Mãe um manto que continha os vinte e um Estados brasileiros. E em 1884, a princesa ofereceu à Rainha uma coroa de ouro cravejada de brilhantes. Esta é a mesma coroa que está até hoje na cabeça da Virgem de Aparecida.

A devoção se expande

Depois disso, a devoção se expandiu mais ainda. A imagem de Nossa Senhora Aparecida foi coroada Rainha do Brasil a pedido do Papa Pio X em 1904. E no dia 16 de julho de 1930 foi proclamada Rainha e Padroeira do Brasil por um decreto do Papa Pio XI.

Uma devoção simples e popular

A devoção a Nossa Senhora Aparecida é genuinamente popular. Não nasceu de uma aparição, como em Lourdes ou em Fátima, mas de uma oferta de Deus e da resposta de amor, de fé e de confiança dos devotos. Na sua primeira visita ao Brasil, o papa São João Paulo II falou sobre isso assim: “os templos materiais aqui erguidos são sempre obra e símbolo da fé do povo brasileiro e do seu amor para com a Santíssima Virgem”.

O poder da imagem encontrada nas águas do rio Paraíba

O encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida nas águas do rio Paraíba tem um significado profundo para esta devoção. O rio simboliza o “Rio de Água Viva” que é o Espírito Santo. Quando a imagem da Mãe de Deus é encontrada nas águas, significa que o Espírito Santo de Deus está oferecendo ao povo um caminho de salvação, de cura e libertação.

A devoção de todos

Assim, a devoção a Nossa Senhora Aparecida nos veio de Deus. É um presente do Filho, Jesus, através do Espírito Santo. Não é à toa que hoje são milhões os devotos da Mãe Aparecida e milhões são as graças derramadas por intercessão dessa Mãe Amorosa. Desde as curas milagrosas à proteção dos perigos, a devoção a Nossa Senhora Aparecida está presente na vida do povo brasileiro, independente de classe social. Todos amam a Virgem Aparecida das águas, que assumiu a cor negra e se identifica com o povo deste imenso país.

Veja alguns produtos de Nossa Senhora Aparecida