Devoção a Santos

Você está em: Santos e Ícones . Devoção a Santos . Jesus Misericordioso

A devoção a Jesus Misericordioso

A devoção a Jesus Misericordioso toca a essência mesma de Jesus, que se revelou como a própria Misericórdia de Deus personificada. Os Evangelhos estão repletos de passagens maravilhosas nas quais Jesus manifesta o amor misericordioso do Pai. E, mais recentemente, no Século XX, Jesus voltou a revelar-se Misericórdia. A revelação foi feita a Santa Faustina Kowalska, freira da Congregação das Irmãs de Nossa Senhora da Misericórdia.

Palavras vivas de Jesus

A devoção a Jesus Misericordioso nasceu das revelações que o próprio Jesus fez a Santa Faustina. Ela escreveu tudo. Vale a pena procurar esses escritos e lê-los. Quem os lê tem sua vida transformada. Entre outras coisas, Jesus disse: "Agora é tempo de misericórdia. Antes de vir como justo juiz, venho como Rei da Misericórdia. Agora prolongo os dias de misericórdia, mas ai daqueles que não reconhecerem o tempo da minha visita".

A devoção a Jesus Misericordioso ou à Divina Misericórdia

A devoção a Jesus Misericordioso ou à Divina Misericórdia consiste, primeiro, em procurar a misericórdia para si, seguindo os passos propostos por Jesus e revelados a santa Faustina. Depois, a devoção nos leva a pedir a Divina Misericórdia para toda a humanidade, fazendo-nos colaboradores de Jesus na salvação das almas. A devoção se manifesta na oração do Terço da Divina Misericórdia, no conhecimento das revelações feitas a Santa Faustina, na prática das Obras de Misericórdia e na entrega fervorosa a Jesus Misericordioso.

A hora da morte de Jesus

Na devoção a Jesus Misericordioso é muito importante guardar a hora em que Jesus foi morto na cruz. Ele disse:

"Às três horas da tarde implora a minha misericórdia especialmente pelos pecadores, e ao menos por um breve tempo reflete sobre a minha Paixão e Morte, especialmente sobre o abandono em que me encontrei no momento da agonia. É a hora de grande Misericórdia para o mundo. Permitirei que penetres na minha tristeza mortal. Nessa hora nada negarei à alma que me pedir pela minha Paixão".

O Terço da Misericórdia – remédio e salvação

Santa Faustina teve a visão da ira de Deus sobre o mundo e implorou misericórdia. Então, Jesus ensinou-a a rezar o Terço da Misericórdia, e pediu que essa devoção se espalhasse pelo mundo. O Terço da Misericórdia deve ser rezado assim:

"Toda vez que entrares na Igreja reza essa oração que te ensinei. Essa oração serve para aplacar a minha ira. Reze por 9 dias com o terço na mão.

Primeiro reze o Pai Nosso, a Ave Maria e o Credo.

Depois, nas contas do Pai Nosso dirás:

Eterno Pai, eu vos ofereço o Corpo e Sangue, Alma e Divindade de vosso diletíssimo Filho, Nosso Senhor Jesus Cristo, em expiação dos nossos pecados e do mundo inteiro.

Nas contas da Ave Maria rezarás:

Pela sua dolorosa Paixão, tende misericórdia de nós e do mundo inteiro.

No fim rezarás três vezes assim:

Deus Santo, Deus Forte, Deus Imortal, tende piedade de nós e do mundo inteiro."

Jesus promete

Jesus declarou a Santa Faustina que concederá graças maravilhosas aos que se tornarem devotos e rezarem o Terço da Misericórdia. Entre elas, fez esta promessa:

"Quando o pecador agonizante, ou quem estiver com ele rezar esse terço e se arrepender de seus pecados, Eu me colocarei entre o agonizante e meu Pai, não como justo Juiz, mas como Salvador Misericordioso".

Benefícios da devoção

Desde de 2002 a Igreja que concede Indulgência Plenária Perpétua a quem se confessar, comungar, rezar pelo Papa e rezar o Terço da Misericórdia dentro de uma Igreja ou Capela, com o Santíssimo Sacramento exposto ou no Sacrário.

O poder da Imagem de Jesus Misericordioso

A imagem de Jesus Misericordioso está intimamente ligada à devoção. Ela foi revelada a Santa Faustina Kowalska, em 1931. Jesus lhe pediu que ela encomendasse a pintura de um quadro exatamente como ela o via, para que o mundo pudesse ver e conhecer a Misericórdia Divina. A imagem é sagrada e a contemplação dela nos traz grandes graças. Jesus disse: “Por meio dessa Imagem concederei muitas graças às almas; que toda alma tenha, por isso, acesso a ela.” (Diário de Santa Faustina, 570).

Os símbolos da imagem de Jesus Misericordioso

Como a devoção está muito ligada à imagem de Jesus Misericordioso, vale a pena conhecer o simbolismo dessa imagem. Ela tem símbolos maravilhosos. Jesus disse sobre ela: "O valor da Imagem não está na beleza da tinta nem na habilidade do pintor, mas na Minha graça." (Diário de Santa Faustina nº 313)

A túnica branca simboliza o amor do Pai e a pureza. O amor de Deus que é puro, eterno e está sempre disposto a nos acolher e abraçar.

A mão direita de Jesus simboliza o gesto de abençoar. Significa a bênção que o Senhor Jesus dá a toda a humanidade.

A mão esquerda de Jesus sobre o peito aponta para o seu Sagrado Coração, de onde emana todo o seu amor. É de lá que saem os raios que exprimem sua infinita misericórdia.

Os raios que emanam do Coração de Jesus representam o sangue e a água que jorraram de seu Coração quando este foi perfurado pela lança. Jesus disse:

Aos pés, Jesus pediu que se pintasse a inscrição “Jesus, eu confio em vós”. Esta é uma pequena oração que deve ser repetida frequentemente, com fé e devoção.

O olhar de Jesus Misericordioso é poderoso remédio! Ele mesmo disse: “O Meu olhar, nesta Imagem, é o mesmo que eu tinha na cruz.” (Diário de Santa Faustina nº 326.

A devoção a Jesus Misericordioso deve nos levar também a praticar as obras de misericórdia. Jesus disse:

“A imagem deve lembrar as exigências da Minha misericórdia, porque mesmo a fé mais forte de nada serve sem as obras.” (Diário de Santa Faustina nº 742)

Veja alguns produtos de Jesus Misericordioso