Carrinho

Teleatendimento: 0800-300-5555 / (11) 3075-6850

Você está em: Santos e Ícones . História de Santos . Santa Verônica

Santos e ícones Católicos

História de Santa Verônica

Origens

O nome “Verônica” tem origem latina e deriva de uma expressão: “vera ícone”, que significa imagem verdadeira. O nome é referência à imagem do rosto de Cristo que ficou impresso no véu com o qual Santa Verônica teria enxugado o rosto do Mestre todo ensanguentado. Tradições cristãs antiquíssimas a colocam entre as mulheres de Jerusalém às quais Jesus dirigiu um lamento quando caminhava para o Calvário (Lc 23, 27-31). Para alguns estudiosos, Verônica pode ter sido a mulher que sofrera 12 anos de uma hemorragia e que fora curada por Jesus (Lc 8, 41-48).

Sexta estação da via sacra

Desde os primórdios do cristianismo a Igreja acolheu a Tradição (com “T” maiúsculo) sobre Santa Verônica. Tanto, que o episódio do enxugamento da Sagrada Face de Jesus, realizado por ela, passou a ser a Sexta Estação da Via Sacra, que é rezada pelos cristãos há séculos. É a Tradição Oral incorporada à vida da igreja e dos fiéis.

A Sagrada Face de Jesus

Segundo a Tradição e vários testemunhos históricos, Santa Verônica teria levado o véu com a Sagrada Face de Jesus para a Europa. Ele foi encontrado no ano 525 na cidade de Edessa. De alguma maneira, mais tarde, ele chegou a Roma e, alguns séculos mais tarde, ficava exposto na Basílica de São Pedro para veneração dos fiéis. Século depois, foi levado para a Igreja do “Volto Santo” ou seja, da Sagrada face, na cidade de Manoppello, que fica a 190 km de Roma, onde, até hoje, é venerada pelos fiéis.

Visões reveladoras sobre Santa Verônica

A irmã Maria de São Pedro, da Ordem das Carmelitas, teve visões de Santa Verônica por volta de 1844, na cidade de Tours, França.  Ela viu Santa Verônica limpando a Face de Cristo a caminho da crucificação. Foi revelado a ela que todo o sangue, sujeira, escarros e hematomas na Face de Cristo representam os pecados da humanidade, as blasfêmias dirigidas a Nosso Senhor e o ódio contra o amor.

Devoção à Sagrada face de Cristo

Nas visões, Nosso Senhor Jesus Cristo pediu à irmã Maria de São Pedro que propagasse a devoção à Sagrada Face como forma de reparação dos pecados, de tal forma que, os devotos da Sagrada Face fazem como Santa Verônica: limpam a sujeira e a dor de Nosso Senhor. Por isso, a devoção à Sagrada Face de Jesus foi instituída oficialmente pelo Papa Leão XIII, no ano 1885. A partir de então, Santa Verônica passou a ser comemorada na terça-feira que antecede a Quarta-Feira de Cinzas. Este é o mesmo dia da comemoração da Sagrada Face. 

Os mistérios da Sagrada Face de Manoppello

Na cidade de Manoppello, a 190 km de Roma, Itália, um quadro medindo 17,5 x 24 cm abriga a Sagrada Face de Cristo desde 1638. A relíquia fica numa igreja dos Capuchinhos, chamada Santuário da Sagrada Face de Cristo.  Alguns estudiosos acreditam que esta relíquia pode ser, sim, o véu de Santa Verônica, porque ele contém vários mistérios. O primeiro deles é que o tecido é feito de bisso marítimo, um fio finíssimo, como o de seda, gerado por um molusco abundante no mar mediterrâneo. O tecido formado pela trama deste fio é muito resistente, transparente e não pode ser pintado, isto é, nenhuma tinta adere a ele. Entretanto, a Face de Cristo está lá, visível, sem ter sido pintada. Até hoje não se sabe como isso acontece. Análises laboratoriais revelam não haver tinta alguma sobre o tecido. Além disso, a Face de Cristo de Manoppello pode ser sobreposta à Face do Santo Sudário de Turim, pois tem proporções idênticas, refletem a mesma face, inclusive com os mesmos hematomas e manchas de sangue. A única diferença entre os dois é que o de Turim apresenta Jesus morto, e este, o Cristo vivo. Numerosos relatos sobre a passagem desde mesmo véu por vários lugares e séculos diferentes fornecem um testemunho histórico seguro desde os tempos de Cristo.

Oração a Santa Verônica

“Ó Santa Verônica que guardastes a Sagrada Face de Nosso Senhor Jesus Cristo. Ele que, quando limpastes o rosto com teu véu, não tinha aparência nem beleza para atrair o nosso olhar, nem simpatia para que pudéssemos apreciá-lo, desprezado, era escória da humanidade, homem das dores, experimentado nos sofrimentos; era amaldiçoado e não fazíamos caso dele. Intercedei por nós a graça de enxergarmos Jesus em cada face de nossos irmãos. Ó Deus, por intercessão de Santa Verônica, despertai vosso poder e venha logo nos trazer a salvação! Convertei-nos; ó Senhor Deus do universo, e sobre nós iluminai a Vossa Face. Se voltardes para nós, seremos salvos! Amém.”

Veja alguns produtos de Santa Verônica