Carrinho

Teleatendimento: 0800-300-5555 / (11) 3075-6850

Você está em: Santos e Ícones . História de Santos . Santa Matilde

Santos e ícones Católicos

História de Santa Matilde

Origens

Matilde era descendente de nobres saxões. Nasceu na região de Westfalia, na Alemanha, por volta de 895. Foi educada por sua avó, que também se chamava Matilde e era abadessa de um mosteiro de monjas beneditinas em Herford. Por causa dessa educação, ela aprendeu a ler e a escrever. Além disso, estudou filosofia e teologia. Isso era raríssimo entre as mulheres, mesmo entre as nobres de seu tempo. Os livros da época atestam que Matilde possuía inteligência brilhante e grande beleza tanto física quanto de alma.

Casamento

A bela Matilde casou-se com apenas catorze anos, com um duque da Saxônia chamado Henrique. Este, em pouco tempo veio a se tornar rei da Alemanha, com o nome de Henrique I. Com o rei, Matilde viveu um casamento feliz, que durou vinte anos. 

Influente sobre o rei

O reinado de Henrique I foi justo e bom para o povo. Segundo os livros, a rainha Matilde teve grande influência no reinado do marido, lutando pela justiça e pela bondade, sempre nos bastidores do governo. Ela sempre se mostrou cheia de bondade e portadora de grande generosa para com os súditos, especialmente os pobres e doentes.

Obras

Em tempo de paz, a rainha Matilde passou a assistir à população, erguendo conventos, igrejas, hospitais e escolas. O rei, por sua vez, fazia da Alemanha o país líder da Europa. Ele salvou seu país da invasão dos húngaros. Depois, regularizou a situação da Alemanha com a França e a Itália. Em seguida, passou a exercer domínio sobre os dinamarqueses e os eslavos. O reinado de Henrique I ficou bastante fortalecido.

Divisão na família

A paz, porém, chegou ao fim quando o rei Henrique I faleceu. Antes de sua morte, o rei deixou indicado para sucedê-lo seu filho mais velho chamado Oton. Porém, um filho mais novo chamado Henrique quis o trono a despeito da vontade do pai. Então, exércitos aliados de cada um desses príncipes começaram a guerrear, para grande tristeza de Santa Matilde. Por fim Oton venceu e assumiu o trono.

Exilada pelos próprios filhos

Depois de tudo isso, os filhos, surpreendentemente, se voltaram contra a própria mãe. Alegaram que ela vivia esbanjando os bens do reino com os pobres e com a Igreja. Por isso, retiraram toda a fortuna que pertencia a ela e ordenaram que ela fosse exilada. Santa Matilde, com grande sofrimento, foi viver no Mosteiro de Engerm. Lá, dedicou-se à oração e aos sacrifícios, pedindo incessantemente pela conversão dos filhos. 

Os filhos se arrependem

Muitos anos depois, os irmãos Oton e Henrique caíram em si e se arrependeram do terrível gesto de ingratidão que tiveram para com a própria mãe. Por isso, procuraram a mãe, pediram perdão, receberam-na de volta no reino e devolveram a ela tudo o que lhe era de direito. Com autoridade sobre seus bens novamente, Santa Matilde distribuiu tudo entre os pobres, salvando famílias inteiras da miséria e da perdição. Depois disso, voltou para a vida religiosa no mosteiro. Lá, recebeu o dom da profecia e ajudou a muitos com suas orações, escua e aconselhamento.

Morte 

A Santa rainha Matilde faleceu no ano 968. Foi sepultada ao lado do dos restos mortais de seu marido, no mosteiro de Quedlinburgo. Logo, passou a ser venerada pelo povo como Santa. Sua fama se propagou rapidamente pelo mundo católico do Ocidente chegando até ao Oriente. Hoje, ela é bastante celebrada na Alemanha e também na Itália e em Mônaco. Sua festa é celebrada no dia 14 de março. É desta Santa Matilde que des­cenderam os reis de Portugal e, por conseguinte, a Família Imperial do Brasil.

Oração a Santa Matilde

“Pai Celeste, pelos méritos de Santa Matilde, que procurou a caridade em tudo e em todos, nunca deixando de ajudar aos mais necessitados, nós Vos rogamos a graça de administrarmos os talentos e bens que tu nos deste para o bem de seus fiéis e da vossa Igreja. Amém. Santa Matilde, rogai por nós.”

Veja alguns produtos de Outros Santos