Carrinho

Teleatendimento: 0800-300-5555 / (11) 3075-6850

Você está em: Santos e Ícones . História de Santos . São Pedro Damião

Santos e ícones Católicos

História de São Pedro Damião

Origens

Pedro nasceu na cidade de Ravena, Itália, no ano 1007. Sua origem foi bastante modesta e sofrida. Ele chegou a ser guar­dador de porcos na infância. Conheceu a orfandade muito cedo. Foi criado de maneira improvisada por seus irmãos, que eram numerosos. Seu irmão mais velho, chamado Damião, acabou sendo o responsável por seus estudos.

Estudos e vocação

Pedro estudou nas cidades de Ravena, Pádua e Faenza. Depois, ensinou na cidade de Parma. Então, decidiu ingressar no convento camaldulense de Fonte Avelana, na região da Úmbria. Este local tornou-se o centro de várias atividades reformadoras iniciadas por ele. Em retribuição a seu irmão mais velho, Pedro assumiu o nome “Damião” ao receber a ordenação  sacerdotal.

As reformas começam

Aos vinte e um anos, Pedro Damião foi eleito superior da Ordem Camaldulense. As regras de vida da Ordem já eram severas. São Pedro Damião, porém, tornou-as mais duras ainda. Começou a criticar com severidade severamente os conventos que abandonavam a pobreza. A influência de São Pedro Damião se estendeu por vários mosteiros da Europa, entre eles Montecassino na Itália e Cluny na França. Estes, especialmente, passaram a seguir os conceitos de Pedro Damião. Ele lutou incansavelmente para fazer com que a vida religiosa voltasse a seu sentido inicial de consagração total a Deus, na austeridade e na penitência.

Austeridade e simplicidade

Pedro Damião era um padre de vocação contemplativa, simples, amante da vida monástica. Por isso, criticava duramente o luxo de autoridades eclesiásticas. Para isso, mencionava os apóstolos Pedro e Paulo, que percorreram vários países evangelizando, levando vida austera, e caminhando descalços. Inspirado nos conselhos de Jesus, insistia que, para anunciar a Palavra de Deus, era essencial despojar-se de apegos materiais. Assim, ele solidificou a austeridade na vida religiosa e deu este exemplo em toda sua vida.

Contra a venda de cargos

Na época, era comum dentro da Igreja a venda de títulos, cargos e funções, como era feito com títulos feudais. Por isso, vários postos na Igreja acabavam sendo ocupados por gente totalmente despreparada. Estes, não raro, vinham a causar escândalos e se tornavam rebeldes diante de várias disciplinas eclesiásticas, como, por exemplo, o celibato. Por isso, o padre Pedro Damião chamado a Roma para ajudar nesses combates. Atuou junto de seis papas como embaixador da paz. Ajudou especialmente o cardeal Hildebrando, outro grande reformador que veio a se tornar o Papa Gregório VII.

Cardeal

São Pedro Damião realizou várias peregrinações a Milão, à Alemanha e à França. Depois disso, foi nomeado cardeal e enviado à diocese de Óstia. Lá realizou um fecundo apostolado e escreveu bastante. Após sua morte, seus escritos continuaram influenciando religiosos importantes. Graças à sua ajuda a Igreja foi melhorando de situação. Já idoso, foi enviado a cidade de Ravena para solucionar uma questão sobre um anti-papa.

Morte

São Pedro Damião faleceu em 1072, em Faenza, quando retornava de uma missão de paz. E ele passou a ser venerado como santo. No ano 1828 ele foi canonizado pelo papa Leão XII. Na ocasião, o Papa declarou São Pedro Damião doutor da Igreja, por causa de seus inúmeros  escritos de teologia e pela incansável e eficaz atuação em favor da unidade da Igreja Católica.

Oração a São Pedro Damião

“Ó Deus, nós Te suplicamos, que todos os homens possam encontrar-Te pessoalmente e responder-Te com a mesma fé de Abraão, dos apóstolos e dos santos. Amém. São Pedro Damião, rogai por nós.”

Veja alguns produtos de Outros Santos