Santos e ícones Católicos

Você está em: Santos e Ícones . História de Santos . Santa Elisa

Missionária com quatro irmãos na fé

Santa Elisa pertencia à igreja do Egito, onde dava grande testemunho de fé e de perseverança na caridade ensinada por Nosso senhor Jesus Cristo. Por isso, ela e mais quatro irmãos na fé, pertencentes à mesma comunidade, foram enviados como missionários às minas da Cilicia, região da atual Turquia. A missão do pequeno grupo era a de confortar os irmãos na fé presos naquele lugar.

Perseguição

Assim, Santa Elisa e seus companheiros Samuel, Isaías, Daniel e Jeremias partiram rumo à Cilicia. Após vencerem as grandes dificuldades da viagem, chegaram ao seu destino. O que eles não sabiam é que os romanos tinham reforçado a guarda nas entradas das minas. Por isso, o pequeno grupo de missionários foi preso foi preso.

Missão cumprida

E aconteceu que, mesmo não tendo entrado nas prisões e confortado seus irmãos na fé, o testemunho de Santa Elisa e seus amigos chegou aos prisioneiros, pois todos ficaram sabendo da coragem e do amor a Jesus Cristo testemunhado pelos santos que vieram do Egito. Com efeito, eles enfrentaram firmes a todos os interrogatórios e torturas dos romanos.

Mártires

Os romanos, por fim, perceberam que aquele grupo de egípcios era convicto de sua fé e não renegaria Jesus Cristo. Por isso, eles foram torturados martirizados em praça pública. Antes de morrerem, tiveram suas peles esfoladas até à carne viva. Mais do que nunca o testemunho deles fortaleceu os prisioneiros cristãos das minas da Cilicia. Agora, eles tinham o testemunho de um grupo que saiu de longe e entregou suas vidas por eles. Assim, os prisioneiros ficaram firmes na fé e suportaram todo tipo de sofrimentos, na certeza de que o Senhor Jesus não os abandonaria e que o Reino dos Céus pertencia também a eles.

História

O historiador Euzébio de Cesaréia pesquisou os fatos e testemunhou o acontecido. Em seus escritos, vemos Santa Elisa e seus amigos permanecendo firmes na fé e anunciando o Evangelho de Jesus Cristo mesmo diante da morte iminente. Sua morte e a de seus amigos, de fato, ocorreu por decapitação, na Cilicia.

Milagres

Após a morte de santa Elisa, várias graças e milagres foram atribuídos à sua intercessão. Por isso, a devoção a Santa Elisa espalhou-se pela região da Cilicia, chegou à Europa e ao Egito. Hoje, tem um grande número de devotos e uma bela Igreja construída em sua honra na região da Catalunha, Espanha. Além disso, Santa Elisa é muito festejada na Rússia.

Devoção

Santa Elisa é padroeira dos ferreiros e dos mineiros por causa da missão que ela tinha recebido de confortar a fé dos mineiros da Cilicia. Ali também tinha muitos ferreiros cristãos, que se beneficiaram com o testemunho de fé da santa. Ela é invocada também nas doenças que causam eczemas e feridas na pele por causa do esfolamento de pele que ela e seus amigos sofreram.

Oração a Santa Elisa

“Ó Deus, que destes a Santa Elisa o ardor e a consciência de ser missionária, e também a graça do martírio, tornando-a capaz de enfrentar a morte por causa de Cristo, concedei-nos a graça da perseverança na fé em todos os momentos da vida. Pela intercessão de Santa Elisa pedimos a graça (fazer o pedido). Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo, amém. Santa Elisa, rogai por nós.”

Veja alguns produtos de Santa Elisa