Santos e ícones Católicos

Você está em: Santos e Ícones . Significado e Simbolismo . Símbolos do Presépio

O presépio é uma arte milenar criada por São Francisco de Assis. Numa noite de Natal ele quis representar o nascimento de Jesus em Belém. E ele o fez com pessoas vivas da região onde ele estava. Foi uma noite tão emocionante que as pessoas passaram a fazer pequenas estátuas para representar a maravilhosa noite em que o verbo de Deus se fez homem, se fez bebê, por causa de todos nós. O presépio é uma peça cheia de símbolos riquíssimos que contam a história do nascimento de Jesus. Vamos conhecê-los.

O local

O presépio é sempre montado num ambiente que nos lembra uma gruta ou um estábulo. A palavra presépio significa o local onde se recolhe o gado, curral, estábulo. O Evangelho de São Lucas 2, 7 nos diz: "Maria deu à luz seu filho primogênito, e, envolvendo-o em faixas, reclinou-o num presépio; porque não havia lugar para eles na hospedaria." O loca "presépio" simboliza simplicidade, humildade, pobreza. O Filho de Deus quis nascer num presépio!

Os animais do presépio

Os animais do presépio representam as criaturas da terra, que também acolhem o Filho de Deus. Naquela noite fria, eles forneceram calor ao local e deram aconchego ao Menino Deus. Eles simbolizam ainda a simplicidade e humildade do local onde Jesus quis nascer.

Os pastores

Depois de Maria e José, os pastores foram os primeiros a saberem do nascimento do Salvador. E quem lhes contou a grande notícia foram anjos de Deus. Por isso eles foram até ao estábulo, conforme o anjo lhes dissera, para adorarem o menino. Este relato também está no Evangelho de São Lucas 2, 8-18. Os pastores também simbolizam a humildade e a simplicidade, pois, naquele tempo, a profissão de pastor era uma das menos reconhecidas, e os pastores eram desprezados.

Os anjos

Os anjos ou, apenas um anjo no presépio, representam o céu que celebra e canta louvores a Deus por causa do nascimento de Jesus. O nascimento de Jesus é motivo de muita alegria não só para nós humanos, mas também para o céu, para o Pai, pois o amor de Deus poderá ser demonstrado a todos através de Jesus. Por isso, os anjos cantaram, como nos diz Lucas: "E subitamente ao anjo se juntou uma multidão do exército celeste, que louvava a Deus e dizia: Glória a Deus no mais alto dos céus e na terra paz aos homens, objetos do seu grande amor!" (Lucas 2, 13-14) O anjo do presépio normalmente segura uma faixa onde se lê: "Gloria in exelsis Deo!" Frase em Latim, que significa: "Glória a Deus nas alturas!"

A estrela

A estrela simboliza a luz de Deus que guia nossos ao encontro do Salvador. Foi uma estrela que guiou os Magos do Oriente até o local onde estava Jesus. A estrela nos ensina que nós devemos saber ler os "sinais" que Deus coloca em nosso caminho e seguir estes sinais, pois eles nos levarão à vida plena, ao encontro com Jesus, que dá sentido à nossa vida.

Os Reis Magos

Belchior, Gaspar e Baltazar eram homens da ciência. Conheciam astronomia, medicina, matemática e outras ci6encias de então. Este é o verdadeiro sentido da palavra "mago". Eles representam a ciência que vai até Deus e o reconhece como Deus. Fé e ci6encia não são incompatíveis. Pelo contrário, a verdadeira ciência nos leva à fé, pois ela nos revela a grandeza da criação.

Ouro, incenso e mirra

Os presentes que os magos oferecem ao menino Jesus tem significados profundos. O ouro significa a realeza, era um presente dados aos reis. O incenso significa a divindade. Era um presente dado a Deus, aos sacerdotes. Sua fumaça simboliza as orações que sobem ao céu. Dando este presente a Jesus os magos reconhecem que o Menino é divino. E a mirra simboliza o sofrimento e a eternidade. É um presente profético: anuncia que Jesus vai sofrer, mas também que seu reinado durará para sempre.

São José

São José é o pai adotivo de Jesus, o homem que o assumiu como filho, que lhe deu um nome, um lar, que ensinou a Jesus uma profissão, carpinteiro, e também o ensinou a ler, ensinou a Lei, a Torá. São José deu ao menino Jesus a experiência de ser filho de um pai terreno. Trata-se de uma figura extremamente importante na vida de Jesus.

Maria

Maria é a Mãe do Menino Deus, a escolhida para ser a mãe do Salvador, aquela que disse sim à vontade do Pai. Graças a seu sim a humanidade recebeu Jesus. Por isso, ela é a "Nova Eva", a mulher obediente. Por isso, ela é "Nossa Senhora".

A manjedoura

A manjedoura é o lugar onde se colocava a comida para o gado. A palavra manjedoura vem do Latim "manjare", que significa "comer". Jesus sendo colocado na manjedoura é prenuncio da Eucaristia: Jesus será o "Pão da Vida" que alimenta os homens. A manjedoura também simboliza a simplicidade, a pobreza de coração, a humildade. É comum entre os católicos montar o presépio no primeiro domingo do advento (4 domingos antes do Natal) e deixar a manjedoura vazia, à espera (este é o sentido da palavra advento) do menino Jesus que vai nascer.

Menino Jesus

O Menino Jesus é a razão de ser do presépio. É o Filho de Deus que se fez homem, conforme nos diz São Paulo: "Sendo ele de condição divina, não se prevaleceu de sua igualdade com Deus, mas aniquilou-se a si mesmo, assumindo a condição de escravo e assemelhando-se aos homens." (Filipenses 2, 5-7) Esta é a maior de todas as lições de humildade que podem existir. Ele se aniquilou para se tornar um de nós, para se fazer igual a nós e dar sua vida por nós. É por isso que o Natal tem que ser festejado e celebrado, pois, por causa dele, nós poderemos ter nossa morada no céu e chamar a Deus de "Pai".

Veja alguns produtos de Outros Santos