Santos e ícones Católicos

Você está em: Santos e Ícones . História de Santos . São João Câncio

Origens

João Câncio nasceu no dia 23 de junho de 1390, no povoado de Kenty, na Polônia e viveu sempre na cidade de Cracóvia. Possuidor de uma mente brilhante, atingiu todos os graus acadêmicos como doutorado e mestrado. Foi professor universitário durante a maior parte de sua vida lecionando Filosofia e Teologia na Universidade de Cracóvia.

Conhecimento e fé

Seu grande objetivo como professor de universidade era transmitir aos estudantes o conhecimento e a fé. Ele dizia sempre que deve-se buscar o conhecimento "não à luz de uma ciência fria e anônima, mas como irradiação da ciência suprema que tem sua fonte em Deus". Por isso, foi educador de príncipes e reis da Polônia e chamado de “Pai da Pátria”.

Fé, ciência e oração

João Câncio descobriu a vocação religiosa recebeu a ordenação sacerdotal. Mesmo depois disso, continuou a lecionar e a buscar o conhecimento. Ao mesmo tempo desenvolvia um belo trabalho pastoral na função de vigário na paróquia de Olkusz. O Padre João Câncio era uma pessoa de profunda vida interior. Praticava o jejum e a penitência toda semana e, ao mesmo tempo, levava o amor e a alegria aos estudantes e aos mais  necessitados de Cracóvia.

Peregrino

São João Câncio fez várias peregrinações e romarias fervorosas visitando os túmulos dos mártires em Roma. Esses lugares eram para ele fonte de fé, coragem e inspiração. Também como peregrino, ele visitou os lugares santos de Israel. Nesses lugares, procurava sempre compreender a história, o ambiente histórico relacionado àquele lugar e adaptar a compreensão do fato para o tempo em que ele vivia.

Bondoso com ladrões

Numa dessas peregrinações, foi vítima de assalto. Os ladrões exigiram que o santo lhes entregasse tudo que tinha e São João Câncio assim o fez. Depois perguntaram se o padre não estava escondendo alguma coisa e ele disse que não. Depois que os ladrões se foram, ele se lembrou que tinha umas moedas no forro de seu manto. Pegou-as, correu até os bandidos, entregou a eles e pediu desculpas por ter esquecido aquelas moedas.

Morte

Depois de muitos anos lecionando e espalhando o amor de Deus, São João Câncio percebeu que sua morte estava se aproximando. Por isso, distribuiu aos pobres e andarilhos os poucos bens que ainda tinha. Depois, veio a falecer às vésperas do Natal do ano 1473.

Sua canonização foi celebrada pelo Papa Clemente II, no ano 1767. Em 1979 o Papa João Paulo II fez uma visita história à Polônia. Nessa ocasião, ele consagrou uma linda capela em homenagem a São João Câncio, Padroeiro da Polônia, na igreja de São Floriano.

Oração a São João Câncio

“Senhor, pelos méritos de São João Câncio, eu vos peço o mais precioso dos dons, o da caridade. Fazei-me amável, tolerante, solícito, gentil e que todas as minhas atividades sejam baseadas no amor que Cristo nos ensinou. Amém. São João Câncio, rogai por nós.”

Veja alguns produtos de Outros Santos